quinta-feira, outubro 19, 2006

 

Algo por mim...

Às vezes é preciso coragem para admitir que precisamos de ajuda. Há anos eu venho pensando que quando de fato eu quiser, eu vou emagrecer. Só que os anos estão passando e eu continuo querendo muito e não conseguindo emagrecer significativamente.
Entra mês e saí mês e eu ainda na mesma. Ou pior engordando. Como já disse aqui antes, eu queria dormir gorda e acordar magra. Eu queria uma formula que fizesse eu emagrecer rápido e definitivamente, e comendo de tudo.
Como as coisas não são tão simples assim, é preciso decidir por lutar. Por vestir a armadura e ir a luta mesmo.
E ontem, acho que definitivamente entrei para a guerra.
Após o serviço fui numa reunião dos VIGILANTES DO PESO.
Eu combinei com uma amiga e fomos. Chegamos 20 minutos atrasadas. Estava cheio. E eu simplesmente ADOREI. Me senti em casa.E logo após a reunião, eu fui me matricular.
E depois a orientadora voltou para nos dá algumas informações.
Achei o método pratico e realista.
Me pesei e estou com 106,300.
E minha primeira meta temporária é 90.
Meus pontos diários são 28.
Vi ali que preciso mudar muito mais que os dígitos da balança, e sim preciso mudar minha atitude em relação a mim, e a vida. Me olhar como uma vencedora. Porque na verdade é isso que eu sou.
Freqüentarei as reuniões nas quartas feiras as 19:00s, aqui mesmo perto do meu serviço.
Estou animada. Estou determinada.
Emagrecer é algo que só depende de mim.
É uma questão de escolha. Eu escolho emagrecer e suas conseqüências.

sexta-feira, setembro 22, 2006

 

Pensar em emagrecer...

Acho que nunca durante toda minha vida pensei tanto em emagrecer.
Esses dias, assistindo tv com meu irmão, fiz um comentário e ele disse: "Marta você pensa mais em emagrecer do que em comida".
Ele tem razão. Tem sido assim mesmo.
Mais infelizmente existe um problema do qual eu sou vitima que é a compulsão alimentar.
Eu demorei muito para entender isso. Que sofro disso. Mas hoje entendo.
Fico um bom tempo me controlando, ai de repente, vem a maldita da compulsão e como em alguns minutos o que não comi em dias.
Essa semana tive compulsão. A sensação que eu tenho é de fracasso total.
Mas no fundo eu sei que eu não sou uma fracassada, eu apenas sofro de um mal que é cruel e silêncioso. Que como o cupim destroi aos poucos. Mas ele não vai me destruir.
Estou decidida a continuar lutando.
Eu quero, eu preciso, e eu vou emagrecer!
A partir de amanhã, volto a me policiar.
Estou com 104.800. Emagreci um pouco.
Tudo o que eu mais quero agora, é chegar ao 99 quilos.
Então, como não existe outro metodo, vou a luta.

quinta-feira, setembro 14, 2006

 

Eu não me perdi...

Eu não me perdi, e nem me abandonei nesse tempo todo que não postei.
Continuo firme no meu objetivo, alguns vacilos, algumas derrapadas, mais nenhum tombo que me prostrasse.
Algumas atitudes estão realmente mudando em mim: Como aprender a dizer não!
Não para as pessoas e não para mim mesma.
Essa semana ainda não me pesei. Isso é um grande erro! Nesse processo já aprendi entre tantas coisas, que preciso manter um controle semanal do meu peso. Espero me pesar amanhã.
Sinto-me mais murchinha. E algumas pessoas já disseram isso.
Usei essa semana duas roupas que eu não usava há tempos e me senti muito bem.
Sinto que preciso me regrar mais. Sei que o emagrecimento deve ser algo suave e gradual. Mas eu queria mesmo era eliminar rapidamente pelo menos 10 quilos.
Mais o que mais preciso agora e manter-me determinada.
Andei muito no feriadão. Acho que por isso me dei o direito de não fazer esteira essa semana... Estou errada. Preciso melhorar.
Acho que aos poucos estou enxergando a mulher bonita que eu sou (não acredito que escrevi isso). Que sou independente do peso. Mas sei que mais magra eu ficarei melhor e mais feliz.
Por falar em ficar bonita, amanhã vou cortar escovar e hidratar o meu cabelo. Queria tingir porque amo bem pretinho mais acho que ele ta caindo. Então melhor esperar que ficar careca!
Também vou fazer minhas unhas.
Enfim, vou cuidando de mim, porque eu me mereço feliz.
Acho que meu maior processo tem sido de me olhar e me vê.

domingo, setembro 03, 2006

 

Sempre em frente!

Semana passada posso classificar como muito boa. Durante toda a semana consegui me concentrar em mim. Isso pode parecer simples para algumas pessoas, mas para mim não é não. Por isso fico feliz de aos poucos estar tomando consciência de mim mesma, das minhas vontades do meu corpo.
Durante toda a semana, não comi pão conforme havia estabelecido pra mim.
Almocei todos os dias. E no almoço comi mais verduras e legumes.
Andei bastante. Em alguns dias fui até o metro andando: 30 minutos.
Evitei usar as escadas rolantes, e subi e desci os degraus.
Também cuidei mais do meu visual. Fui trabalhar todos os dias bem arrumada.
E cheirossima, coisa que eu amo.
Fiz esteira. Apenas duas vezes por semana, durante 30 minutos.
Houve também alguns deslizes. Coisas que eu realmente poderia ter evitado.
Foram tropeços, mas eles não me fizeram cair.
Eles foram: Comi miojo no jantar duas vezes na semana, comi pizza sexta e sábado (dois pedaços cada dia), hoje domingo comi um pão francês, comi macarrão.
Contabilizando tudo isso, fico triste de não ter conseguido ser firme. Porem por outro lado, sinto que hoje há em mim, uma força, uma vontade de ir em frente que antes não havia. Antes quando eu cometia um deslize desses, eu me desmotivava, agora não. Estou decidida perseguir meu objetivo.
Hoje por exemplo, depois de tudo isso, resolvi fazer esteira: caminhei durante 40 minutos. E foi tão gostoso que nem vi o tempo passar. Essa semana quero vê se faço esteira todos os dias. Nem que seja 20 minutos. Como minha mãe acabou de dizer: “É diminuir a comida e aumentar o tempo na esteira”, mas tudo isso ao seu tempo.
Isso também faz parte de se respeitar.
Essa semana quero fazer tudo melhor ainda. Cada dia melhor. Cada dia em frente. Cada dia mais perto do meu alvo.
Amanhã me peso. Espero ter emagrecido alguma coisa.
Enfim, isso é só o começo.
: : Me pesei: :
Acabei de chegar do almoço e me pesei: 105,00
Semana passada estava com 105,800, portanto :EMAGRECI 0,800 grs.
Meta da próxima semana: Chegar aos 104,00.

quarta-feira, agosto 30, 2006

 

Eu, na torcida por mim.

Tudo é um grande processo para eu emagrecer. Não basta apenas comer menos. Algumas atitudes eu tenho que mudar, e a cada dia me esforço a fazer isso. É na verdade um grande projeto: Apaixonar-se por mim mesma.
Não foi paixão a primeira vista. Mas é algo que eu estou cultivando aos poucos, a cada dia, me olhando com mais carinho. Vendo-me mais magra, mais feliz. Aprendendo a dizer não, quando de fato quero dizer não. E cuidando de mim assim como eu cuido dos outros.
Ontem tinha um compromisso à noite e me arrumei, embora correndo mais com todo carinho. Hoje para vir trabalhar também fiz o mesmo. E assim será todos os dias.
Na sexta feira quero fazer minhas unhas e o cabelo.
Ontem foi o dia que senti mais fome. Mesmo assim me segurei e comi uma barra de cereal light. À noite, fugi do cardápio e comi sopa. Mas não exagerei.
Vindo para cá hoje, fiquei pensando em como a gente pode viver com menos comida. Eu estava comendo todos os dias de manhã um pão e meio e bebia um copo de café com leite. Essa semana estou comendo duas bolachas de água e sal e um copo de café com leite (desnatado) e me sinto satisfeita. Então vejo que é só mesmo uma questão de se reeducar.
Tem uma loja que eu passo por ela todos os dias e penso: “Ainda vou comprar uma roupa ali”. Não vejo a hora. Será uma grande conquista. Mas vou devagar, um passo de cada vez. Quero usar na próxima semana uma calça marrom que não uso há muito tempo. Vamos vê se será possível.
: : Meu cardápio de Hoje : :
Café da manhã: Café com leite (desnatado), duas bolachas de água/sal e uma fatia de queijo branco.
Almoço: Uma porção grande de couve, três colheres de arroz, e duas de feijão, e três pedaços de carne magra.
Lanche: Uma banana.
Jantar: Sopa
Ceia: Um copo de leite desnatado.

ESFORCINHO(S) A MAIS DO DIA: Continuo subindo as escadas e não utilizando a escada rolante. FUI DO MEU SERVIÇO ATÉ O METRO ANDANDO, A PASSOS LARGOS, LEVEI 27 MINUTOS.
O QUE PODERIA TER SIDO MELHOR?Na hora que a fome aperta, eu chupo bala. Não acho legal. E ainda não diz esteira essa semana.

segunda-feira, agosto 28, 2006

 

Eu, minha aliada!

Decidi que vou lutar pelo que quero. E agora nesse momento, o que eu quero é emagrecer.
Existem poucas coisas na vida que só dependem de nós.
E emagrecer é uma coisa que só depende de mim mesma.
Então, é arregaçar as mangas e ir a luta.
E é isso que eu estou fazendo. Lentamente deste a semana passada.
Fiz uma comprinha light.
E hoje comecei pra valer.
Fiz uma “aposta” com uma amiga: Disse que ela ainda vai comigo comprar uma calça tamanho 42.
Tenho outro objetivo: Usar no dia 11 de novembro o meu vestido cinza.
Ele é lindo, e não me serve.
Hoje volto a fazer esteira. O objetivo é fazer todos os dias. O ideal será 01 hora por dia.
Mas se eu fizer 40 minutos já fico feliz. Na verdade quero ser regular. Fazer todos os dias.
Hoje me pesei de novo: 105,800.
O fato de não ter engordado no final de semana me deixou feliz.
Agora me pesarei só na próxima segunda. Será o dia oficial da minha pesagem.
Quero colocar aqui no meu blog algumas fotos.
Meu cardápio de hoje:

Café da manha:
01 xícara de leite desnatado com café (+adoçante)
02 bolachas de água e sal
01 fatia de queijo branco.

Lanche: Não fiz.

Almoço:
03 colheres de arroz
02 colheres de feijão.
01 pedaço de carne magra.
Uma porção de couve.
Lanche da tarde: Uma banana.

Jantar: O mesmo que o almoço, porem com mais verduras e legumes.

(Copiando minha amiga Beth, devidamente autorizada!)rs;

ESFORCINHO(S) A MAIS DO DIA: Não usei escadas rolantes. Subi todas as escadas a pé. Aqui no serviço também. Subi e desci 4 andares a pé.
O QUE PODERIA TER SIDO MELHOR?
Poderia não ter comido duas balas de leite que ganhei.Atividade física: Uma hora de esteira.

OS: A noite passo aqui para dizer se o dia foi redondinho assim.

quarta-feira, agosto 23, 2006

 

Eu, minha maior adversária!

Esse aqui é meu blog novo. Presente do meu irmão querido.
Quero agradecer a quem por ventura vier me acompanhar.
Acompanhar essa luta que dura a anos. Não apenas a luta contra a gordura, mas a luta que eu tenho para me amar mais.
Acabei de chegar do almoço, e ao caminhar pra cá, fiquei pensando porque tenho uma dificuldade tão grande em me amar.
As pessoas gostam de mim tão facilmente.
E eu não.
Digo isso em relação ao emagrecimento sim. Eu sei que uma prova maior do meu amor por mim seria emagrecer. Eu já emagreci, sei o quanto me faz bem.
Mas não, fico me empanturrando de comida.
Minha esteira ta lá em casa. Parada no meu quarto. Eu já paguei duas prestações dela, o que equivale dizer que a tenho há dois meses e usei raríssimas vezes.
Quando usei, vi os resultados. Mas sem usar não tem como né?
Fico triste comigo. Como posso sabotar-me tanto?
Só se vive uma vez e eu to vivendo mal.
Por culpa de quem? MINHA.
É claro que emagrecer não vai solucionar meus problemas. Não vai fazer de mim a pessoa mais feliz do mundo. Mas irá contribuir sim e muito.
Às vezes me acho um caso perdido.
Mas eu sei que não sou. Acho que é por isso que não desisto. Que sempre recomeço, como estou fazendo hoje.
Hoje me pesei: 105,800.
Nesse tempo todo que fiquei sem postar, cheguei a pesar 108,00 quilos.
Mesmo sem está levando a serio uma dieta ou uma reeducação alimentar, consegui dá uma emagrecidinha.
Eu tenho uma nova data: 11 de novembro de 2006. Nesse dia tenho um evento importante e quero está bem.
Tenho uma meta super otimista: - 15 quilos.
O que vou fazer para alcançar:
Esteira todos os dias: 1:30 hs.
Pão: Somente finais de semana.
Jantar: Ou sopa ou salada.
E nada de comer bobagem na rua.
Eu sei que é muito peso, e pouco tempo. Mas se eu me esforçar, sei que chego o mais perto possível disso, e esse é meu objetivo.
A partir de amanhã começo pra valer.
Sem duvida, a minha maior dificuldade, é vencer a mim mesma!